Buscar

Por conta e através do meu amigo, irmão e sacerdote Elias Cagnoni, conheço o Espaço Curumim desde o início do Projeto, e acompanhei o quanto se trabalha duro quando a temática é terceiro setor.


Sou moradora do Centro de SP tem muitos anos, e entendo que a existência da AEC é fundamental para dar suporte às famílias da favela do Moinho e apoio aos moradores de rua da região (e não são poucos…).


Sou diretora voluntária e dedico com muita honra e carinho, 2 horas do meu dia aos assuntos ligados a parte de Comunicação & Mídias Sociais da Associação,


Tem uma amiga minha que diz que quando nos doamos a uma causa nobre, somos nós quem mais recebemos.

Fica a Dica!